Home Guns N' Roses

Nos últimos meses, boatos de que Ron “Bumblefoot” Thal estaria deixando o Guns N’ Roses se espalharam pela internet. Até o momento, nada foi confirmado oficialmente, mas a página oficial do guitarrista no Facebook anunciou que ele agora faz parte de uma banda chamada Art Of Anarchy. Além de Ron, a banda é formada por Scott Weiland (Stone Temple Pilots, Velvet Revolver), John Moyer (Disturbed) e os irmãos Jon Vott e Vince Votta.

A banda foi uma ideia de Bumblefoot e os irmãos Votta, que são amigos há 18 anos. Para o projeto eles acharam que o Scott Weiland era o vocalista ideal para abranger a versatilidade que a banda irá propor em seu álbum de estreia, um hard rock puro.

Embora Scott tenha gravado os vocais, ele afirmou em sua página no Facebook que não pretende sair em turnê ou fazer shows com o Art Of Anarchy. Sendo assim, Bumblefoot e companhia precisarão encontrar um vocalista para apresentações ao vivo.

No grupo, Bumblefoot além de ser um dos guitarristas, também é produtor e engenheiro do cd de estreia da banda, que deve ser lançado ainda este ano.

Leia mais sobre o Art Of Anarchy:

Facebook: http://www.facebook.com/ArtOfAnarchyBand
Twitter: http://www.twitter.com/ArtOfAnarchy1

Tradução: Renato Pina

O guitarrista Gilby Clarke abrirá alguns shows da turnê brasileira de Slash, que vai passar por seis cidades em março de 2015.

Confira os shows com abertura de Gilby Clarke:

Slash ao vivo em Brasilia / 17 de Março
Slash ao vivo em Curitiba / 19 de Março
Slash ao vivo em Porto Alegre / 20 de Março
Slash ao vivo em São Paulo / 22 de Março

VEJA AQUI INFORMAÇÕES SOBRE TODOS OS SHOWS

Gilby Clarke tocou no Guns N’ Roses entre 1991 e 1993, substituindo Izzy Stradlin. Em carreira solo, Gilby veio ao Brasil em 2007 e 2013.

Festas de aniversário com o tema ‘Guns N’ Roses’ são muito comuns entre os fãs, e o bolo personalizado é essencial para a decoração temática. Sendo assim, o Guns N’ Roses Brasil separou 35 modelos de bolos personalizados para você se inspirar na sua festa.

Confira abaixo.

Retirado de oglobo.com.br:

RIO – A história do Guns N’ Roses irá para as telas de cinema. Baseado na biografia autorizada “Reckless Road – Guns N’ Roses e o making of do álbum ‘Appetite for Destruction’”, de Marc Canter, o filme irá contar a história da banda desde sua formação até alcançar o sucesso internacional. A novidade foi anunciada pelo próprio autor do livro em um fórum dedicado aos fãs do Guns N’ Roses, o “MyGNRForum”.

Amigo de Saul Hudson, Canter começou a documentar a história da banda ainda adolescente e acompanhou a ascensão do Guns N’ Roses e Hudson, que mais tarde veio a se tornar o lendário guitarrista Slash. O livro também dá destaque à gravação do álbum “Appetite for destruction” – o primeiro da banda – lançado em 1987.

Embora não esteja diretamente envolvido com o filme, Canter afirma que tem influência no roteiro, que está em fase de produção e precisa ser aprovado pela banda.

“As pessoas com quem estou trabalhando são as melhores para fazer esse projeto. Vai ser ótimo!”, escreveu Canter no fórum, sem adiantar quem está por trás de toda a produção do longa.

A cinebiografia, que está sendo produzida há quatro meses, ainda não tem elenco confirmado. “Ninguém foi escolhido, neste momento, mas espero ver algumas pessoas de primeira categoria no elenco”, disse.

(…)

Retirado de whiplash.net:

Antes do HOLLYWOOD ROSE e do GUNS N’ ROSES, W. AXL ROSE já iniciara sua estelar trajetória em outra banda dentre as tantas que só ficaram na memória da cena rock dos anos 80 em Hollywood, o RAPIDFIRE.

Composta por Mike Hamernik [baixo], Chuck Gordon [bateria] e pelo fundador Kevin Lawrence [guitarra], a banda foi a primeira a perceber o real potencial do nativo de Indiana que vagava pelas ruas de Los Angeles tentando a sorte como músico.

Ao longo das três últimas décadas, Kevin tem tentado fazer com que o material gravado com Axl finalmente chegue ao público, e havia sido malfadado em todas suas tentativas, até que eventos trágicos em sua vida pessoal o levaram a, em maio de 2013, decidir que aquelas músicas seriam lançadas comercialmente, gostasse Axl ou não, tentando ele impedir a empreitada ou não.

E eis que agora, pelo menos no formato digital, cinco faixas, “Ready To Rumble”, “Prowler”, “Closure”, “On The Run” e “All Night Long”, todas já esboçando o timbre de voz – ainda bastante tímido e pouco desenvolto – de Rose que mais tarde, empostado de maneira mais ousada, o tornaria conhecido.

Cada faixa custa 99 centavos de dólares e tem prévias em áudio disponíveis clicando aqui.

Galeria de fotos do Rapidfire com Axl Rose

Ozzy Osbourne foi o grande homenageado desta edição do MTV European Music Awards 2014, realizada na casa de shows SSe Hydro, em Glasgow, na Escócia neste domingo, 9.

Slash subiu ao palco para introduzir a homenagem em vídeo ao Príncipe das Trevas, Ozzy Osbourne, que compareceu ao evento com a mulher Sharon Osbourne. O vocalista do Black Sabbath recebeu das mãos do ex-guitarrista do Guns N’ Roses a estatueta de Ícone Global.

Assista Slash tocando Crazy Train ao vivo no MTV EMA 2014:

Em setembro, Slash se apresentou na casa noturna The Roxy (onde o Guns tocou diversas vezes antes da fama mundial), e gravou o concert movie “SLASH FEATURING MYLES KENNEDY AND THE CONSPIRATORS LIVE FROM THE SUNSET STRIP” para um especial da DirecTV e que vai ao ar nos EUA no próximo dia 7, pela DIRECTV’s Audience Network (channel 239).

Integrante de uma série de homenagens aos 50 anos da rede de lojas Guitar Center, o especial de 90 minutos, filmado em 4k com áudio sorround 5.1, traz Slash executando seus clássicos habituais ainda dos tempos do Guns N’ Roses e do Velvet Revolver, assim como faixas de sua carreira solo, incluindo temas do novo álbum, “World On Fire”.

Abaixo, dois vídeos do show disponibilizados no Youtube, seguido por uma apresentação sobre a carreira do guitarrista, “Slash: Born And Raised On The Sunset Strip”, a ser transmitido logo após a estreia do show:

Galeria de fotos: Slash Live From The Sunset Strip 2014

Retirado de rollingstone.com.br

O tecladista Dizzy Reed, do Guns N’ Roses, acredita que o novo disco da banda será lançado “muito em breve”. “Há muito material que já está pronto e acho que está em processo de ser finalizado. Eventualmente, vamos escolher quais músicas precisam ser lançadas”, disse ele à VH1 Radio (segundo o site Blabbermouth). “Então, estamos trabalhando. Espero que saia realmente muito em breve.”

Reed havia dito previamente à Rolling Stone EUA que se “o novo disco já não estiver pronto, é porque está bem perto de estar”. O tecladista acrescentou que o processo de criação gerou “muitas músicas”, quase o suficiente para dois álbuns, para que eles pudessem determinar quais seriam as escolhidas para o novo trabalho de estúdio do Guns N’ Roses.

Reed é o mais recente integrante do grupo a indicar que a sequencia de Chinese Democracy, de 2008, está em vias de ser lançado. Em junho, Axl Rose sugeriu que o trabalho seria uma sequência do disco anterior e estava quase pronto. “Nós gravamos muitas coisas antes de Chineses sair”, contou Rose. “Nós trabalhamos mais em algumas coisas e criamos algumas outras músicas. Mas, basicamente, nós temos o que eu chamo de segunda metade do Chinese. Já está gravado. E também nós temos um disco com as faixas do Chinese remixadas. Isso também está pronto há um tempo.”

Embora o vocalista não indica nenhuma previsão de lançamento, o guitarrista DJ Ashba confirma que Rose está trabalhando em finalizar o novo material e que ele, inclusive, já ouviu algumas das músicas novas. “Axl tem gravado dois álbuns. Ele tocou algumas músicas e elas são incríveis! Mal posso esperar em embarcar nelas também”, disse Ashba. O guitarrista Richard Fortus também disse, em abril de 2014, que “espero que muito em breve nós lancemos novidades. Bom, no ano que vem.”

Além de Rose, Reed foi o único integrante da banda que integra do Hall da Fama do Rock and Roll a permanecer no grupo depois de 1997, então, quando ele diz que as novas músicas sairão “muito em breve” tem mais peso. Pelo menos, Rose prometeu que o próximo disco do Guns N’ Roses “sairá antes” do que os 15 anos que separam The Spaghetti Incident?, de 1993, Chinese Democracy, lançado em 2008.