Florianópolis: fotos, vídeos e até pedido de casamento no palco! Tudo sobre o show

Guns N’ Roses South American Tour 2014
Local: Devassa On Stage, Florianópolis, SC
Data: 01/04/2014
Horário de início: 21h
Abertura: Brazilian Sound Club

Setlist:

00 – Intro “True Detective”
01 – Chinese Democracy
02 – Welcome To The Jungle
03 – It’s So Easy
04 – Mr. Brownstone
05 – Estranged
06 – Rocket Queen
07 – Nice Boys
08 – Better
09 – Richard Fortus Solo
10 – Live And Let Die
11 – This I Love
12 – Tommy Stinson Solo “Holidays in the Sun” (Cover Sex Pistols)
13 – Dizzy Reed Solo
14 – Catcher In The Rye
15 – You Could Be Mine
16 – DJ Ashba Solo – Bella Vita
17 – Sweet Child O’ Mine
18 – Jam
19 – November Rain
20 – Bumblefoot Song: Abnormal
21 – Bumblefoot Solo: Ayrton Senna – Tema da vitória
22 – Don’t Cry
23 – Shackler’s Revenge
24 – Civil War
25 – Knockin’ On Heavens Door
26 – Nightrain

Encore:
27 – Patience
28 – The Seeker (Cover do The Who)
29 – Paradise City

Resenha:

 

Entre baladas e clássicas, Axl comanda o Guns N’ Roses e levanta o público em Florianópolis

No meio da apresentação de “Knockin’ on heaven’s Door” uma surpresa: um fã pediu sua namorada em casamento em cima do palco

 

Por Diário Catarinense

Com pouco mais de uma hora de atraso, Guns N’ Roses subiu ao palco do Devassa On Stage, em Florianópolis, com os gritos da galera. Vestindo uma jaqueta de couro azul — peça que foi trocada depois por uma de cor preta e, mais tarde, por outra marrom —, calça jeans detonada e chapéu, Axl Rose mostrou que ainda arrisca a dancinha do clássico Welcome to The Jungle, que foi a segunda música tocada, logo após a abertura com a faixa Chinese Democracy.

— O Guns N’ Roses é uma dessas bandas que seus críticos teimam em invocar os fantasmas do passado para decretar a decadência. E erram ao subestimar o poder do repertório, o carisma de Axl Rose e a devoção do público — avaliou o colunista do Diário Catarinense Marcos Espíndola.

Durante sua apresentação, a banda alternou entre baladas e clássicos, como It’s So Easy e Live and Let Die. Uma das músicas mais conhecidas do grupo, Sweet Child O’ Mine, foi aclamada pela plateia. O público a cantou do início ao fim aos berros, tanto que o vocal rasgado de Axl Rose chegou a ficar em segundo plano.

O guitarrista Ron “bumblefoot” Thal mostrou que também sabe agradar a plateia. Ele solou a música “Tema da vitória”, conhecida por ser a música de Ayrton Senna, surpreendendo a todos, conectando em seguida na melosa Don’t cry.

A noite também foi de surpresas. Enquanto tocavam a faixa Knockin’ On Heaven’s Door, eles permitiram um casal de namorados subirem ao palco. Ali mesmo rolou um pedido de casamento.

Para finalizar a noite eles tocaram a clássica Paradise City, assim como em outros shows da turnê brasileira. No meio da música começou uma chuva de papel picado vermelho, simbolizando pétalas de rosa.

Show começou atrasado

Já conhecendo a fama dos músicos, muitos fãs deixaram para chegar mais tarde. O caminho para o Devassa On Stage estava livre por volta das 19h e não havia fila para entrar na casa. Quando a banda de abertura subiu ao palco, a Brazilian Sound Club, a casa de shows ainda não tinha alcançado metade da sua capacidade. Uma hora depois o cenário já era outro. A pista estava completamente cheia. Fã que é fã já estava esperando desde o inicio da manhã para assistir ao show do Guns N’ Roses.

Mesmo sendo durante a semana, os ingressos para ver a banda, que fez grande sucesso na década de 1990, se esgotaram no início da tarde desta terça. Com um público estimado em 10 mil pessoas, a casa estava cheia. E muitos aproveitaram para tirar a camisa de banda do armário, a calça jeans rasgadas e o par de tênis Allstar. A combinação casual foi a principal pedidas dos jovens e dos fãs mais velhos. Alguns arriscavam uma bandana na cabeça, inspirados pelo look de Axl Rose no inicio da carreira.
A banda Brazilian Sound Club subiu ao palco por volta das 19h30, cantando covers clássicos. Num repertório que foi de Raimundos a Cazuza, passando por The Beatles a Pearl Jam, o ponto alto da abertura foi quando Gazu, da banda Dazaranha, entrou para cantar Vagabundo Confesso. Já era 20h50min quando o grupo fechou sua apresentação com Born to be wild, de Steppenwolf.

Galeria:


Vídeos:

COMENTÁRIOS

Mensagens

COMPARTILHAR

Warning: A non-numeric value encountered in /home/gunsnrosesbr/public_html/wp/wp-content/themes/newspaper/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009